Idioma:

portugues portugues

Ponte Rio-Niteroi

Em 1963, foi criado um grupo de trabalho para estudar um projeto para a construção de uma via rodoviária a fim de ligar dois centros urbanos vizinhos. Em 29 de dezembro de 1965, uma comissão executiva foi formada para cuidar do projeto definitivo da construção de uma ponte.

O Presidente Costa e Silva assinou o decreto em 23 de agosto de 1968, autorizando o projeto de construção da ponte, idealizado por Mário Andreazza.

Iniciada em 1969 e inaugurada em 1974, a Ponte Rio - Niterói constitui um importante marco de capacitação da engenharia nacional por suas dimensões audaciosas nos processos construtivos.

Tem extensão total de 13,29 km, dos quais 8,83 km são sobre a água, e 72 m de altura em seu ponto mais alto.

A ponte é um elo fundamental entre o Rio de Janeiro e Niterói, São Gonçalo e regiões, atendendo também aos deslocamentos da população às localidades adjacentes, sobretudo a Região dos Lagos, e ao transporte intermunicipal e interestadual de cargas. À época de sua inauguração, previa-se que a ponte alcançaria um volume de tráfego de 50 mil veículos por dia, nos dois sentidos, mas o crescimento da região metropolitana do Rio de Janeiro extrapolou aquela previsão. Atualmente, a ponte recebe mais de 140 mil veículos / dia, chegando a registrar 85 mil veículos passando pela praça de pedágio às vésperas de feriados e finais de semana nos picos do verão.

Atualmente é considerada a maior ponte, em concreto protendido, do hemisfério sul e a sexta maior ponte do mundo.

Infelizmente, cinco operários morreram durante a construção do vão central da ponte, devido à altura em relação ao nível do mar.

Fontes: link 01, link 02.

Galeria de Fotos

Pic RSS facebook twitter

Copyright @2010 HistoriadoRio. All rights reserved